Sustentabilidade e o Pré-Sal

25 03 2010

Na idéia positiva de uma nação se desenvolver, muitas vezes as soluções encontradas para gerar recusos e renda não levam em consideração o impacto que podem causar ao meio-ambiente.
O exemplo que temos a seguir é muito claro sobre essa questão. Vivemos em um país de terceiro mundo rico em recursos naturais, e que, com a descoberta da camada do pré-sal em seu território, se depara com a grande oportunidade de exploração dessa riqueza: um petróleo de alta qualidade em um mundo extremamente dependente desta fonte de energia. O governo afirma que com a exploração do pré-sal haverá desenvolvimento econômico em todas as camadas da sociedade.
Quais as alternativas? O governo deve explorar suas reservas? Devemos seguir o exemplo do Equador de não explorar o petróleo desde possamos receber compensação dos países ricos por esta ‘medida de preservação’? Para qualquer investidor, não há garantias de que esse recurso não seja explorado no futuro. Entretando, essa ‘compensação financeira’ poderia ser investida no desenvolvimento de novas tecnologias ‘verdes’, diminuindo custos e promovendo o avanço socio-econômico da nação de forma sustentável.
Podemos planejar, de forma eficiente, como compensar o ecossistema pelos danos que causamos. Dessa forma, a natureza, já tão degradada pelas nossas atitudes, poderá se recuperar para que todos possamos viver em um mundo melhor.

Cabe a reflexão.

Referências:

http://www.estadao.com.br/noticias/economia,sustentabilidade-do-pre-sal-amplia-debate-na-camara,440988,0.htm
http://revistaecoturismo.com.br/turismo-sustentabilidade/sustentabilidade-na-era-do-pre-sal/

Meire Vidal

Anúncios

Ações

Information




%d blogueiros gostam disto: